Photobucket

Photobucket

# Sejam Bem-Vindos ao Night Shift!

Cidade de Lisboa, Portugal. Ano de 2032. As coisas não mudaram tanto assim, apenas o cenário, apenas as imagens que passam paralelas as verdades que acontecem. Os leigos alheios aos acontecimentos, isentos de culpas e deveres. Mas, quando aquilo que pode ser uma ameaça para alguns está perdida pelo mundo sem destino ou razão. a esmo podendo está diante de um humano desavisado, para outros a mesma coisas pode significar o início da salvação de uma raça ameaçada e caçada eternamente por gerações. Você irá se importar com alguma dessas coisas? Ou será apenas mais uma pessoa vivendo a sua vida esperando que tudo se resolva, ou, tudo se acabe??
Photobucket

# Data: Março de 2032
# Local: Lisboa, Portugal
# Temperatura: 26º
# Clima: Noite de céu limpo, brisa suave e clima agradável sem previsão de chuva...
# Lua: Crescente
# Sugestões de Ações:
- Person envolvidos diretamente na Trama Central : Parque Florestal Monsanto ; Pensão da Cidade ; Galpão abandonado
- Outros: Fiquem antentos a RP da trama central, você pode ser escolhido em breve. Qualquer outro lugar sem envolvimento direto com a trama.
# Duração do periodo: Indeterminado!


Photobucket

Photobucket

Interessado em fazer parceria com o Night Shift? É só logar na conta "Parcerias" com a senha "parceriasorbis" e mandar uma mensagem privada(MP) pra algum dos administradores e/ou moderadores sobre o interesse e link do forum


Photobucket London Paradise FÓRUM OPS!

Photobucket
REFORMULAÇÃO DO FORUM
(ex Orbis non Sufficit)
Agradecimento especial aos players que fazem isso aqui ser tão importante pra nós. - Fotos tiradas de vários lugares, mas principalmente do deviantart. - Todos os direitos reservados à Staff.

Recuse imitações. o NS é nosso, se copiar qualquer coisa sem antes ao menos pedir nossa autorização é PLÁGIO... E plágio é crime, hein?
Se copiar vai ser #umaputafaltadesacanagem e eu vou teperseguiratéoinfernoporra! xingar muito no Twitter!

bricadeira, mas aviso dado. Depois não diz que eu não avisei.


Night Shift - Turno da noite © 2009-2010

    Quadra - 24/03/2032 - RP Fechada

    Compartilhe
    avatar
    William Hans Gietzen
    Humano
    Humano

    Nome do Player : adivinha qm eh?kk
    Mensagens : 22
    Data de inscrição : 06/05/2010

    Quadra - 24/03/2032 - RP Fechada

    Mensagem por William Hans Gietzen em Dom Maio 09, 2010 3:27 am

    Quadra - 24/03/2032 - noite - RP Fechada - Post n° 01


    "...by chance or destiny?..."

    Will estava sem sono, não conseguia ficar naquele quarto preso, parecia que ia sufocar a qualquer minuto então decidiu ir até a quadra da faculdade que ficava aberta. Os seguranças noturnos o conhecia, não criando problemas para ele por querer estar por ali, e além do mais nem era tão tarde assim. Os dois homens uniformizados iguais caminharam conversando entre si, comentando sobre jornais, indo tomar um ‘lanchinho’. Will agradeceu por deixarem ele ficar por ali um pouco e seguiu caminhando até a quadra. Vestia um calção de futebol e uma regata, o clima estava agradável e ali dentro da quadra coberta o vento não gelava o nariz quando corria. Acendeu as luzes principais encostando a porta com cuidado para não fazer barulho e seguiu caminhando até o outro lado da quadra onde havia num canto um saco de bolas. A quadra muito bem encerada e limpa todos os dias era um bom lugar para passar o tempo quando lhe dava essas crises de sono. O engraçado que ele nunca havia tido problema para dormi. Lembrou da gracinha dita por Clark sobre esta precisando ‘desestressar’, se é que me entende. Mas não sofria disso, tanto no sentido da palavra quando no outro levado na graça. Ele e Jessica estavam bem, pelo menos achava. Ela era a garota que sempre havia gostado na vida, desde pequenos, não havia nada que mudasse. Mesmo ele achando que estavam brigando por besteiras ultimamente.

    Pegou uma bola de basquete do saco e começou a joga-la no chão enquanto andava. Basquete não era seu esporte favorito mas sabia jogar e servia para distrair e fazer a cabeça parar para poder dormi. Não sabe ao certo quanto tempo ficou ali treinando sozinhos cestas, passes, ou simplesmente tacando a bola na parede e pegando de volta. Pelo menos parecia funcionar a atividade, havia gasto a energia que não deixa-o dormi e a inquietação. Voltou ate o saco de bola e guardou de volta a que havia pego, arrastou até o canto da quadra para não deixar jogado como haviam deixado e abaixou-se para amarrar o cadarço do tênis. Não levou nem dois minutos para amarra-los e levantou-se de volta decidido a ir embora e tentar dormi. Virou-se para ir em direção da porta e deparou-se com uma garota que parecia ter acabado de chegar. A conhecia de vista, por um ou outro comentário em conversas de conhecidos ou em algum lugar da cidade. Porém não lembrava ao certo o nome dela. Não era do tipo antipático e esnobe, apesar do que diziam, só não era muito bom com nomes.

    - Boa noite. Tudo bem? – cumprimentou – Será que eu fiz tanto barulho que comecei a incomodar as pessoas? – perguntou. – Se fiz, me desculpe. O sono me abandonou e precisava descarregar tudo.

    Ele falava, só não sabia se a garota estava ligando pra alguma coisa que dizia ou se ele havia mesmo conseguido acordar as pessoas? Ele não conseguia dormi e não ia deixar ninguém dormi também? Aí sim os seguranças iam encrencar com ele ! Aí, adeus fugidas de tudo e todos de vez em quando, treinos noturnos. Quem manda ser escandaloso.


    Última edição por William Hans Gietzen em Dom Maio 09, 2010 8:27 pm, editado 1 vez(es)
    avatar
    Alisha Gottischarlk
    Humano
    Humano

    Nome do Player : bel (:
    Mensagens : 45
    Data de inscrição : 04/05/2010

    Re: Quadra - 24/03/2032 - RP Fechada

    Mensagem por Alisha Gottischarlk em Dom Maio 09, 2010 7:07 pm

    ATO I; CENA I

    Hey Miss Curiosity! ¬¬
    24 de março de 2032 ıı Universidade de Lisboa ıı Quadra ıı Noite; 23h ıı post #1



    “Porque, Deus? Porque eu não consigo dormir?!” Alisha praticamente gritava dentro dela. Droga, já tinha tomado remédio pra dormir, suco de maracujá e tudo mais, mas nada adiantava. Ela simplesmente não iria conseguir dormir essa noite. Rolava na cama a pelo menos uma hora e meia, e nada! “AAAH, DROGA!” Ela se cansou de ficar ali e levantou. Foi até o armário no fundo do quarto, tirou a camisola e trocou por uma calça Jeans escuro, uma blusa verde com um cachorro desenhado na frente e um casaco vermelho com bolinhas. Pegou o All Star azul e colocou. Depois foi até o espelho e deu uma olhada no rosto, passou um rápido lápis no olho e base (nunca saia sem maquiagem). Depois procurou pela lanterna dentro da gaveta da escrivaninha. Ainda funcionava, que bom.

    Saiu do dormitório pé ante pé, não queria que ninguém visse que ele estava andando por ai. Não estava frio no sentido literal da palavra, mas o ventinho chato que sempre tem em Portugal a incomodava o rosto. Ela passou pela área da piscina, pelo prédio da administração, biblioteca, refeitório e por fim a quadra. O sono não parecia que ia surgir tão cedo... “Opa...! O que...?”

    A porta da quadra estava aberta... Não aberta. Estava encostada, na verdade. A luz passava pela brecha da porta e barulho de alguém arrastando algo podia ser ouvido, mesmo que baixo. Alisha se encolheu e foi ver o que acontecia lá dentro. Tinha um garoto.

    O garoto que ela tinha visto a vida toda pela cidade. Tinham estudado na mesmo escola, frequentado alguns lugares parecidos... Ele as vezes ia no bar que ela trabalhava. Tinha namorada, isso ela lembrava muito bem. Seu nome era William Hans Gietzen. O garoto do colégio e da faculdade, O jogador de beisebol, O gato, O... Tudo. Ele andava com o grupinho que Alisha sempre teve horror, o grupinho maravilha que cismava de atormentar a sua vida. ARGH! Era só o que faltava! Ele ali?

    Mas Alisha tinha que admitir: Ele podia andar com aquele grupo, até ser igual a eles (ela não sabia dizer), mas era tão bonito. O cabelo mais comprido que o normal usado pelos garotos lhe caia no rosto, os músculos bem marcados pela roupa, seus olhos brilhavam um pouco graças a luz da quadra fechada. Seu rosto estava sério, diferente das vezes que Alisha tinha o visto na maioria das vezes, sempre rindo e até fazendo piadinha com os amigos. Alisha cogitou a hipótese de sair de lá sem ser vista, estava até começando a se virar quando...

    - Boa noite. Tudo bem? – Alisha voltou o olhar pra ele, que a olhava com o rosto meu surpreso. “Oh, deus.” Será que eu fiz tanto barulho que comecei a incomodar as pessoas? – ele perguntou sorrindo amarelo. – Se fiz, me desculpe. O sono me abandonou e precisava descarregar tudo.

    Alisha ficou paralisada por uns segundos. Ele estava MESMO falando com ela? Ou era loucura da sua cabeça perturbada? Ficou olhando para ele por um tempo.. Se fosse Clark já teria começado a jogar piadinhas e zoações pra cima dela. Depois de alguns segundos é que ela se lembrou que ele tinha lhe feito uma pergunta;

    - Ah, erm, não. Você não... Hum... Fez barulho, eu acho. - Ela deu um sorriso amarelo também. - Pra dizer a verdade, eu não estava no quarto. Perdi o sono também. - Ela caminhou para dentro da quadra, já estava lá mesmo. E tem mais, se a intenção dele era zoar com a cara da loira já teria feito isso. Olhou para as bolas que ele estava perto... Basquete? Mas ele... - Eu achei que você só gostasse de beisebol. - Ela coçou a cabeça, meio sem graça.

    -------------------------------------------------------------
    LEGEND - Narração; Falas Will (#4876FF); Falas Alisha (#FFA54F) ; "Pensamento Alisha".


    Última edição por Alisha Gottischarlk em Dom Maio 09, 2010 10:02 pm, editado 1 vez(es)
    avatar
    William Hans Gietzen
    Humano
    Humano

    Nome do Player : adivinha qm eh?kk
    Mensagens : 22
    Data de inscrição : 06/05/2010

    Re: Quadra - 24/03/2032 - RP Fechada

    Mensagem por William Hans Gietzen em Dom Maio 09, 2010 8:26 pm

    Quadra - 24/03/2032 - noite - RP Fechada - Post n° 02


    "...by chance or destiny?..."


    Will ficou esperando resposta da garota que havia aparecido ali também, ela havia ficado muda a principio o encarando. Ele arqueou uma das sobrancelhas esperando que ela se pronunciasse, parecia surpresa em encontrá-lo ali, será que ele a conhecia e não se lembrava? Digo, não só de vista, mas de algum lugar e estava esquecido? Não duvidava disso, que esquecesse algo já que não andava com a cabeça mais tão bem e em ordem ultimamente. A observou de cima a baixo por uns segundos disfarçadamente, reparando nas roupas dela diferentes, cabelo, tênis, sorriu de canto, não ligava para essas coisas mesmo. Se questionou se havia a conhecido mesmo, já que ela o encarava sem falar nada, o que foi meio estranho, e já ia perguntar algo sobre isso quando ela por fim falou:

    - Ah, erm, não. Você não... Hum... Fez barulho, eu acho. - Ela deu um sorriso sem graça , ele retribuiu -Pra dizer a verdade, eu não estava no quarto. Perdi o sono também. - Ela deu mais alguns passos entrando, olhou para o saco de bolas que Will estava perto e havia colocado num canto e continuou - Eu achei que você só gostasse de beisebol. – Comentou.

    É, pelo jeito ela o conhecia, que ótimo. Não que ele tivesse má fama, mas geralmente as pessoas só se apegavam as coisas aparentes das outras pessoas, davam estereótipos sem conhecer, falavam mentiras ou aumentavam. Aquela fama de ser O exemplo, O jogador, até o que incluía Jessica quando falavam que eram O casal, ele não gostava. As pessoas não sabiam o que acontecia de verdade, não sabiam que não era todo dia que ele ganhava, não era sempre que ele acertava, não sabiam que seu relacionamento não era assim tão perfeito... mas, o que adiantaria elas saberem? Suspirou baixo, não queria demonstrar que estava meio...chateado com algumas coisas, e logo emendou um sorriso simpático para responde-la.

    - Mais um que perdeu o sono por aqui. – falava simpático. – Não, beisebol é o que gosto, mas tive que aprender um pouco de tudo. – respondeu, ficando em silencio alguns segundos. Odiava isso, não costumava ficar sem assunto, mas merecia um desconto dessa vez, o dia não era dos melhores. – Desculpe, não lembro do seu nome. Lembro de você, na faculdade e por alguns lugares, mas não lembro de saber seu nome. – falou sincero. – Acho que além de perder o sono to perdendo a memória também. – brincou, exibindo um largo sorriso.

    A fitou mais uma vez, era estranho lembrar da pessoa e não lembrar do nome! Ela era diferente também, não lembrava dela em nenhum grupinho, não lembrava dela sendo nenhuma das amigas de Jessica, nem nenhuma das garotas que seus amigos costumavam estar por perto, não a via treinando nenhum jogo nas quadras, piscina, nada.

    - E você, joga alguma coisa? – perguntou curioso, não resistiu. – Acho que não... você faz que curso?
    avatar
    Alisha Gottischarlk
    Humano
    Humano

    Nome do Player : bel (:
    Mensagens : 45
    Data de inscrição : 04/05/2010

    Re: Quadra - 24/03/2032 - RP Fechada

    Mensagem por Alisha Gottischarlk em Dom Maio 09, 2010 10:10 pm

    ATO I; CENA II

    Hey Miss Curiosity! ¬¬
    24 de março de 2032 ıı Universidade de Lisboa ıı Quadra ıı Noite; 23h ıı post #2



    Ele pareceu meio encomodado com a resposta dela. “Beleza, já disse besteira!” mas depois deu um sorriso e respondeu a pergunta dela.

    - Mais um que perdeu o sono por aqui. – falou simpático. Alisha não conseguiu segurar um sorriso também , o dele era contagiante. “O que...? Eu não sou assim... Deve ser sono. Só pode ser sono!”Não, beisebol é o que gosto, mas tive que aprender um pouco de tudo. – respondeu, o silencio reinou alguns segundos. Ele parecia meio chateado apesar de estar conversando normalmente e rindo. Ele pareceu desistir de algo e falou sem graça – Desculpe, não lembro do seu nome. Lembro de você, na faculdade e por alguns lugares, mas não lembro de saber seu nome. – falou sincero. – Acho que além de perder o sono to perdendo a memória também. – brincou,rindo.

    - Não me espanta que não saiba. - Alisha só percebeu que disse isso depois que ele a olhou em duvida. Ela levou a mão a boca e depois sorriu sem graça. - É que... Bem... Não me leve a mal, mas... Eu não me encaixo no que você e seus amigos chamariam de padrão. Eu... Bem. Não sou uma Jessica da vida, sou só... Eu. - Ela riu. - Além do mais, você talvez se lembre de mim graças ao seu amigo Clark, que fez da minha vida o inferno desde... Sempre. - Ela riu, nunca ligou MUITO pra o que Clark dizia, mas ainda sim... Não era legal passar na rua e ouvir a cada dia um apelido pio que o outro.

    Alisha ficou olhando a reação dele. Não pareceu gostar de ouvir o que ela tinha dito, mas também não pareceu irritado com ela. Vai ver não aprovava as reações das pessoas com quem andava. Pelo o que Alisha já tinha visto isso era muito normal nos chamados “populares” eles tinham a péssima mania de reprovar as atitudes mas mesmo assim andar juntos. Como alguém pode ser tão amigo de alguém que não aprova quase nenhuma atitude? Alisha preferia viver praticamente sozinha a ter amigos assim.


    - E você, joga alguma coisa? – ele perguntou parecendo curioso. – Acho que não... - estava tão óbvio assim...? Alisha riu. - você faz que curso?

    - Está tão na cara assim? - Ela riu. - Não, não pratico esporte. Pra dizer a verdade eu sou um desastre com jogos de quadra. - Se aproximou mais dele, sem perceber, mas ainda sim ficou bastante longe. - Eu? Bem, meu sonho é ser bióloga e trabalhar cuidando de animais, principalmente os animais em extinção. - Os olhos dela brilhavam quando falava sobre isso. - Erm. Desculpa, eu me empolgo.

    Ela não podia nem perguntar a faculdade que ele fazia, todos na cidade sabiam. Ele era O destaque da área, o que mais tinha chance de ser reconhecido pelo mundo. Mas ela tinha que puxar assunto então... Qual seria o próximo assunto?

    - E você... É, Educação Física, né? - Ela disse tentando parecer que se esforçava para lembrar.


    O que ela podia fazer? Ela não estava acostumada a falar com ninguém, quem dirá com... Bem... O Will!

    -------------------------------------------------------------
    LEGEND - Narração; Falas Will (#4876FF); Falas Alisha (#FFA54F) ; "Pensamento Alisha".
    BELLS SAYS - droga. Ficou MUITO pequeno. ¬¬ sorry ^^'
    avatar
    William Hans Gietzen
    Humano
    Humano

    Nome do Player : adivinha qm eh?kk
    Mensagens : 22
    Data de inscrição : 06/05/2010

    Re: Quadra - 24/03/2032 - RP Fechada

    Mensagem por William Hans Gietzen em Ter Maio 11, 2010 10:31 pm

    Quadra - 24/03/2032 - noite - RP Fechada - Post n° 03


    "...by chance or destiny?..."


    Will de principio falara apenas para constatar, ou seria informar, o que se passava a cabeça. Afinal, ele não conhecia a garota ainda. E nada do que mais descarado do que ficar mentindo só para agradar as pessoas, ele, pelo menos ele, não fazia isso. E talvez tivesse falado sem pensar direito, sem calcular como soaria o que diria. Pois, depois que falou percebeu que parecia ter soado meio prepotente ou algo do tipo? O que não era sua intenção.

    - Não me espanta que não saiba. - falou ela de pronto, ficando meio sem graça em seguida por ter dito - É que... Bem... Não me leve a mal, mas... Eu não me encaixo no que você e seus amigos chamariam de padrão. Eu... Bem. Não sou uma Jessica da vida, sou só... Eu. - Ela riu, ele arqueou as sobrancelhas. “Essa foi na cara! Rs.” Riu consigo mesmo - Além do mais, você talvez se lembre de mim graças ao seu amigo Clark, que fez da minha vida o inferno desde... Sempre. - Ela riu.

    Não pode disfarçar por ficar um pouco serio na hora. Foi quase um reflexo, sem como evitar, a reação após ouvi o que ela disse. Não era todo dia que ouvia uma coisa dessas, pelo menos não era todo dia que alguém tinha coragem de falar! Embora soubesse que ela estava certa, apesar de não ser totalmente, mas tinha consciência que algumas atitudes, atos, de seus amigos e outras pessoas eram considerados ‘tipicos’. Também não havia gostado dela ter citado Jessica, afinal, apesar de tudo ele ainda gostava dela! Já Clark, bom, esse não tinha jeito. Quando pegava um pra Cristo, pra atormentar e se diverti, era difícil mudar de idéia tão cedo.

    - Entendo. As pessoas costumam julgar pela aparência, é bem aquela frase: “ Diga com quem anda que te direis quem é.” - dizia calmo. – Mas nem tudo é o que parece. E Clark. – evitou comentar sobre Jessica. – Bem, ele já bateu tanto com a cabeça nas brigas dele que nem ele sabe mais diferenciar quando suas brincadeiras não agradam mais.

    - Está tão na cara assim? - Ela riu. - Não, não pratico esporte. Pra dizer a verdade eu sou um desastre com jogos de quadra. – A viu se aproximar mais para falar, ando alguns passos. - Eu? Bem, meu sonho é ser bióloga e trabalhar cuidando de animais, principalmente os animais em extinção. – falava animada. - Erm. Desculpa, eu me empolgo.

    Ele riu pela animação dela quando falava do que pretendia pra sua vida e profissão. Não era comum ouvi as pessoas se preocuparem tanto com o curso que fazia nem falar com tanta devoção deles. Nem ele mesmo se empolgava tanto com o que estudava, mesmo gostando.

    - Desculpe, não foi por mal. Só que, como eu nunca lhe vi por aqui – olhou em volta, na quadra. – ou em qualquer outro lugar que geralmente se pratica algum esporte, deduzi que não gostava. E não há do que desculpar-se por gostar do que faz.

    Disse simpático sorrindo para ela. Aquela garota parecia o conhecer, pelo menos, conhecer o que os outros diziam dele pelo jeito, conhecia as pessoas que andava, amigos, namorada, costumes, o que gostava e fazia. Mas ele nada sabia dela, a não ser o que ouvia agora. Mesmo ele sabendo disso, fingiu não notar a tentativa dela de passar a impressão que não sabia o curso que ele fazia.

    - E você... É, Educação Física, né?

    - Sim. Acho que está quase que escrito na minha testa isso. – satirizou. – Pelo menos isso. -Disse meio aleatório, sem querer mencionar nada em especifico, mas talvez tivesse ficado pelas entrelinhas. – Meio desvantajoso essa situação, não? Será que preciso dizer meu nome ainda? Já que sabe da Jessica, do idiota do Clark, dos ‘padrões’ que considero. – sorriu.
    avatar
    Alisha Gottischarlk
    Humano
    Humano

    Nome do Player : bel (:
    Mensagens : 45
    Data de inscrição : 04/05/2010

    Re: Quadra - 24/03/2032 - RP Fechada

    Mensagem por Alisha Gottischarlk em Dom Maio 16, 2010 9:19 pm

    ATO I; CENA III

    Hey Miss Curiosity! ¬¬
    24 de março de 2032 ii Universidade de Lisboa ii Quadra ii Noite; 23h ii post #3



    - Entendo. As pessoas costumam julgar pela aparência, é bem aquela frase: “ Diga com quem anda que te direis quem é.” - ele dizia calmo, mas algo em sua resposta fez com que Alisha se sentisse mal. “ Isso é comigo? ¬¬ Ops, pisei na bola? ‘-’ ” Mas nem tudo é o que parece... E Clark. – Impressão minha ou ele não disse nada de Jessica? Claro que não ia dizer, ele devia adorar tudo o que ela fazia. Eram completamente apaixonados desde a época do colégio. – Bem, ele já bateu tanto com a cabeça nas brigas dele que nem ele sabe mais diferenciar quando suas brincadeiras não agradam mais.

    Alisha deu uma risada baixa, ele não devia achar nenhuma graça de um amigo que quase se mata brigando e se metendo em confusões sem nenhum motivo bom e real. Mas mesmo assim o comentário tinha sido engraçado.

    - Desculpe, não foi por mal. Só que, como eu nunca lhe vi por aqui – olhou em volta, na quadra. – ou em qualquer outro lugar que geralmente se pratica algum esporte, deduzi que não gostava. E não há do que desculpar-se por gostar do que faz. - Ele disse dando um sorriso aberto para ela.

    - Não é pelo o que eu gosto de fazer, mas sim por exagerar no modo como falo. Muitas pessoas se sentem incomodadas, eu me empolgo de mais. - Ela disse rindo.

    Alisha o perguntou pelo o que era seu curso. Claro que ela sabia a resposta, mas era melhor do que esfregar na cara dele REALMENTE que sabia tudo de sua vida. Podia parecer até que ela o perseguia ou era uma daquelas fãs malucas.

    - Sim. Acho que está quase que escrito na minha testa isso. – ele satirizou. Alisha deu um sorriso e fez um sinal de que “é, acho que sim.” – Pelo menos isso. - Ele disse baixo e depois voltou ao tom normal. - Meio desvantajoso essa situação, não? Será que preciso dizer meu nome ainda? Já que sabe da Jessica, do idiota do Clark, dos ‘padrões’ que considero. – sorriu e foi seguido de um sorriso sem graça da Alisha.

    Outra vez ela teve a sensação de que a forma como ela tinha se referido a ele, os amigos e a namorada tinha o incomodado. Droga, como ela podia falar calmamente e sem demonstrar um pouco de raiva dos amigos dele? Isso era impossível. Ela sempre odiaria Clark, e nada no mundo ia mudar isso. Mas como ela podia conversar com um amigo dele sem causar problemas? Era praticamente impossível.

    - Erm... Eu não quis... Ofender você, ou os seus amigos. - Ela sussurrou, coçando a cabeça. Os amigos ela com toda certeza não se referia a Clark. Aquele ali ela sempre teria o prazer de ofender! - Desculpe se me expressei mal. - Ela disse com um sorriso de canto de boca. - O que eu quis dizer... - Ela pensou bem. - Erm, esquece.

    Ele nunca entenderia a magoa que Alisha guardava da gente com quem ele andava. Os amigos deles que desde sempre zoavam com a cara dela, as amigas e até a namorada que a classificavam como “desgraça da humanidade”.... Ele nunca viveu isso, não sabe como é.

    - Não, não precisa. Todo mundo da Universidade sabe quem é William Hans Gietzen. Se duvidar até toda a cidade já sabe. - Ela disse rindo. Era engraçado isso... Alguém como ele, quase que conhecido na cidade toda perder seu tempo e sua boa noite de sono conversando com alguém como Alisha, a menina que todos imaginam ser uma aberração.

    - Eu só não pensei que o “Grande William Hans Gietzen” fosse tão... Legal. - Ela deixou escapar um pensamento e tampou a boca rápido. - Ain, droga! Eu disse isso alto? - Alisha disse começando a ficar completamente vermelha. - É que... Bem... Não tenho uma boa experiência com o seu grupo. Eu achei que você fosse um idiota como a maioria dos seu amigos é e/ou aparenta ser... Droga, não era isso também...! Erm, me desculpa. - Ela repetiu e se virou sem graça em direção a porta. Alisha começou a andar para sair sem graça da quadra... Mas, sendo estabanada como só ela, tropeçou nos próprios pés e caiu no chão.

    “Ah, que beleza!”

    - Acho que agora está na cara o porque eu não pratico esportes. - Ela disse sem graça sentada no chão.

    -------------------------------------------------------------
    LEGEND - Narração; Falas Will (#4876FF); Falas Alisha (#FFA54F) ; "Pensamento Alisha".
    avatar
    William Hans Gietzen
    Humano
    Humano

    Nome do Player : adivinha qm eh?kk
    Mensagens : 22
    Data de inscrição : 06/05/2010

    Re: Quadra - 24/03/2032 - RP Fechada

    Mensagem por William Hans Gietzen em Ter Maio 18, 2010 9:45 pm

    Quadra - 24/03/2032 - noite - RP Fechada - Post n° 04


    "...by chance or destiny?..."

    - Erm... Eu não quis... Ofender você, ou os seus amigos. - Ela sussurrou, coçando a cabeça e Will ficou apenas a fitando. - Desculpe se me expressei mal. O que eu quis dizer... - Ela pareceu pensar, talvez não soubesse como dizer ou o quê. - Erm, esquece.

    Wiliam sorriu, não estava acostumado com tantas explicações e desculpas, era meio engraçado até. Não era comum ouvi alguém ficar tentando se explicar, na verdade, não havia muito ‘dialogo’ com os que estava acostumado a conviver, até mesmo com Jessica isso as vezes era meio difícil. E desculpas então? Não precisaria nem comentar que isso era quase raro de ouvi! Mas apesar de tantas diferenças e ele não sendo como a maioria, ele sabia equilibrar as diferenças que tinha entre ele e os amigos, e sabia controlar seus impulsos e dos outros também. Quantas e quantas vezes já havia intercedido nas brigas que nem suas eram, discussões com aqueles que achavam que ele era como Clarck.

    - Não, não precisa. Todo mundo da Universidade sabe quem é William Hans Gietzen. Se duvidar até toda a cidade já sabe. - Ela disse rindo, ele balançou a cabeça negativamente.

    - Não, exagero. – respondeu

    - Eu só não pensei que o “Grande William Hans Gietzen” fosse tão... Legal. - Ela disse parecendo arrependida por ter falado alto demais. - Ain, droga! Eu disse isso alto?

    - É, acho que sim? – falou ele percebendo o rosto da garota ficar corado. – Tudo bem, isso acontece. – tentou amenizar a situação.

    - É que... Bem... Não tenho uma boa experiência com o seu grupo. Eu achei que você fosse um idiota como a maioria dos seu amigos é e/ou aparenta ser... Droga, não era isso também...! Erm, me desculpa.

    O.k. Will ficou sem saber se falava pra tentar acalma-la, se ficava calado para não atrapalhar ainda mais ela ou ... ou.... não saia dali? A culpa não era dela se sempre havia um idiota, no caso Clarck, do grupo que fazia besteiras e dava fama para todo o resto. E, a culpa não era dela se ele, William, andava com gente assim. Nem ele sabia como que aturava eles ainda, era complicado tentar defini. Era quase mais uma questão de hábito já, mesmo eles sendo assim, cada qual com seus defeitos e problemas, ele não tinha problemas com eles e sabiam respeitar suas decisões e opções. Will observou a garota se virar meio perturbada indo em direção a porta para sair dali, ele não ia insisti já que ela não estava mais a vontade com a presença dele. Mas, para a sua surpresa a garota se atrapalhou nas próprias pernas e tropeçou caindo no chão.

    - Acho que agora está na cara o porque eu não pratico esportes.

    Escutou ela falar do chão sem graça. Ele tinha que admitir que o comentário dela havia sido engraçado para o momento, mas não riu para não constrangi ela ainda mais. Foi até ela para ajudá-la a se levantar, estendendo a mão.

    - Se machucou? – disse oferecendo a mão para que ela se levantasse. – Venha, te ajudo a levantar. – a segurou pela mão até que ela se levantasse, servindo de apoio, e estando ela já de pé tentou não falar mais nada que a deixasse sem graça, ficando calado dessa vez a fitando.

    Não saberia dizer quanto tempo ele ficou calado apenas esperando que ela se acalmasse. Lembrou-se que logo os dois seguranças que saíram para tomar o lanche voltariam e ele havia prometido que não demoraria pois eles tinham que trancar a quadra. E, não queria ficar trancado com a garota ali, não é?

    - Está bem? – perguntou. – Vamos começar do zero, ok? Você fingi que não sabe nada de mim e eu... e eu de você? – sorriu. - Não é querendo ser desagradável, mas temos que ir. Prometi que não ia demorar aqui senão irei causar problemas para alguém que me fez um favor. Se quiser te acompanho até a entrada do seu dormitório.

    Disse, e esperou a resposta dela para poderem ir.
    avatar
    Alisha Gottischarlk
    Humano
    Humano

    Nome do Player : bel (:
    Mensagens : 45
    Data de inscrição : 04/05/2010

    Re: Quadra - 24/03/2032 - RP Fechada

    Mensagem por Alisha Gottischarlk em Dom Jul 11, 2010 2:26 am

    ATO I; CENA FINAL

    Hey Miss Curiosity! ¬¬
    24 de março de 2032 ıı Universidade de Lisboa ıı Quadra ıı Noite; 23h ıı post #4




    Oh, beleza. Que mais falta agora? Eu já gaguejei, cai no chão... Ele deve estar pensando que eu sou uma idiota.

    - Se machucou? – ele disse me oferecendo a mão para levantar. – Venha, te ajudo a levantar. - Ele ficou calado depois que me ajudou a levantar. Tudo bem, legal da parte dele tentar segurar o riso por causa da situação. As covinhas do lado dos lábios dele estavam aparecendo enquanto ele tentava, quase que em vão, não rir do meu rosto completamente vermelho. E que estava mais vermelho ainda por perceber que ele estava me ajudando.

    Não sei quanto tempo ficamos calados sem nem ao menos olharmos um par ao outro. Ele parecia ter lembrado de uma coisa, porque seus olhos voltaram a me olhar. Eu ainda estava digerindo que tinha acabado de cair no chão na frente dele e que tinha dito coisas não muito agradáveis também.

    - Está bem? – Ele perguntou. Eu o olhei sem entender. – Vamos começar do zero, ok? Você fingi que não sabe nada de mim e eu... e eu de você? – Ele sorriu. Que sorriso lindo, eu nunca tinha reparado. Eu não pude deixar de sorrir também. - Não é querendo ser desagradável, mas temos que ir. - Droga. - Prometi que não ia demorar aqui senão irei causar problemas para alguém que me fez um favor. Se quiser te acompanho até a entrada do seu dormitório.

    É... O que é bom sempre acaba. Incrivel. É sempre assim.

    - Erm... Não. Melhor eu ir sozinha... É... - Eu disse nervosa. Era melhor assim, não queria me acostumar com o fato de que ele estava sendo gentil comigo, e pra falar a verdade... É claro que ele só ofereceu por educação. Era um cara legal. - Hum. Então... A gente se esbarra por ai. - Ou não.

    Eu dei um sorriso de lado, essa era a primeira e ultima vez que eu iria conversar com Will. Tinha sido uma conversa legal, tirando o fato de que eu cai no chão. Ele me deu um sorriso também e fomos andando um do lado do outro (mesmo assim com uma boa distancia nos separando.) Eu me despedi dele apenas com um aceno de mão e ele com um de cabeça e cada um foi para um lado. O dormitório dele era do lado oposto ao meu.

    Yeah, Yeah... Foi bom enquanto durou.

    -------------------------------------------------------------
    LEGEND - Narração; Falas Will (#4876FF); Falas Alisha (#FFA54F) ; "Pensamento Alisha".
    BELL SAYS - Ficou horrivel, só pra fechar isso aqui (: RP fechada.



    Última edição por Alisha Gottischarlk em Dom Jul 11, 2010 2:29 am, editado 2 vez(es)
    avatar
    Alisha Gottischarlk
    Humano
    Humano

    Nome do Player : bel (:
    Mensagens : 45
    Data de inscrição : 04/05/2010

    Re: Quadra - 24/03/2032 - RP Fechada

    Mensagem por Alisha Gottischarlk em Dom Jul 11, 2010 2:28 am

    RP TERMINADA

    Conteúdo patrocinado

    Re: Quadra - 24/03/2032 - RP Fechada

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui Set 20, 2018 6:03 pm